Roquemrou Entrevista – R. Sigma

30 08 2010

@reecampos

1 – De onde tudo começou ?

Conheci o Tomás que conhecia o Diogo que juntos conheciam o Gabriel que conhecia o Eric.

Assim, nos conhecemos melhor e então em alguma hora de nossa adolescência houve a necessidade de estarmos mais tempo juntos, fazendo algo bonito e criativo.
Foi então a fase inicial da R.Sigma, que sempre foi R.Sigma e sem trocar nenhum integrante.

2 – Como vocês constroem a história de uma musica, baseadas em histórias reais ou composições sobre algo ? e quem geralmente inicia esse processo ?

Bom, a musica é como o amor, é muito vago e possui diferentes níveis de acesso, por isso é tão difícil dizer como é exatamente que funciona o processo.

Pra ficar mais claro, somos antenas ligadas o tempo todo, captamos as coisas que acontecem em nossa volta e assim transformamos seja através da melodia ou da letra.
Quem inicia o processo sou eu o Tomás e o Diogo, podendo variar com frequencia essa ordem.

3 – A R.sigma tem um som diferenciado das outras bandas oque acham disso, e acham que seu som poderia ser mais aceito em outros lugares do mundo ?

Na verdade não é o nosso som em si que é diferente.

É a motivação do nosso som que é diferente e isso transparece na hora de tocar.
Eu acho que o som vai ser aceito na medida em que nós formos aceitando cada vez mais coisas novas e expandindo cada vez mais nossa consciência. A coisa acontece de dentro pra fora, nesse quesito.

4 – Seria impressão minha ou as musicas da R.sigma tem um leve toque da influencia musical Inglesa ? E sendo assim, quais as influências aplicadas na banda ?

Parte do Tomás, Diogo, Gabriel e Eric as gringas e parte de mim as brasileiras, não que eu não goste das gringas e eles das brasileiras, mas é o que ouvimos mais em casa.

Ouvimos realmente de tudo e seria muito injusto citar alguns artistas e não outros, ainda tem que mudamos muito rápido de ciclo, então hoje posso citar um artista que amanhã já não estaremos ouvindo tanto.

5 – Como foi a história de que ocorreria uma possível turnê internacional que não rolou ?

Fomos chamados pelo próprio festival para tocar, The South by Southwest, no Texas.

Tínhamos uma carta deles para apresentar ao consulado que de fato estávamos sendo convidados e que não estaríamos a passeio nem a negócios. Pois que na hora que fomos ao consulado, negaram nossos vistos alegando que não tínhamos vínculos suficientes com o Brasil.

Sendo assim não conseguimos embarcar, puta frustração.

6 – Sobre o CD “Reflita-se”, o primeiro cd da banda, que seja de muitos espero, sua qualidade sonora é linda, muito bem composto, e antes desse album vocês já tiveram alguma experiencia relacionada a gravação ? Houve algum problema no começo ou rolou naturalmente ?

Sim, tivemos um primeiro EP chamado “Herói”, logo em seguida um chamado “O mundo todo contra todo mundo” e depois veio o “Reflita-se”.

Sempre encontramos problemas, é normal, seja na hora da gravação ou antes, quando temos que passar muitos dias juntos.
Mas não há nada que uma boa amizade e um bom senso não resolvam nessa vida.

7 – Vocês sempre estão fazendo shows, como é a vida pessoal de voces tendo que conciliá-la com a banda ?

Atualmente todos temos projetos paralelos para investir dinheiro e se segurar com a banda.

Temos a Anequila que é uma produtora de festas e eventos, temos o Partybusters que é um coletivo de fotos, sobre noite, música e comportamento, Diogo tem um projeto de música eletrônica e assim vamos caminhando, sempre dando prioridade a banda e ansiosos para que chegue o dia em que poderemos nos doar 100% a ela.

8 – Qual é o real significado de “R.Sigma” ?

União.

9- Vocês disseram algumas coisas sobre as bandas se esmolarem para tocar no SWU isso é uma pura verdade, agnt ja teve banda e sabe como funciona essa parada de cotas.
Como vocês enxergam esse estranho modo de se favorecer em cima das bandas novas ?

Na verdade o lance do SWU é diferente do thinking do sistema de cotas. O que incomoda nesse esquema do SWU é apenas o fator “pidão” do processo, que em alguns níveis acreditamos que desvaloriza o artista.

Já o lance de cotas, a gente compreende os dois lados. O do produtor, que as vezes dá uma oportunidade pra banda tocar e a banda não move um dedo pra divulgar e por gente no evento.
E a da banda, que acaba tendo que pagar pra tocar. Não acreditamos nem flertamos com nenhum dos dois lados, apenas compreendemos esse sistema e infelizmente volta e meia fazemos parte dele.

10 – Como funciona o processo de composição na banda, cada um monta sua parte sendo letras, arranjos, melodias e afins ou vocês tentam fazer tudo juntos colocando um pouco de cada em todas composições ?

Tomás e Diogo geralmente iniciam o processo, com o arranjo e muitas vezes melodia, passam pra mim que componho a letra e também melodia, depois levamos ao estúdio e formamos a música junto com Gabriel e Eric, podendo eles mudarem e moldarem o que estiverem afim de fazer, claro, sempre a favor da arte.

Mas isso muda as vezes, tem música que o tomas me chega com quase tudo, tem músicas que é o Diogo e tem músicas só minhas, varia de ciclo, estado emocional ou problemas pessoais. hahaha.

11 – O felling em todos os sentidos das musicas, é uma coisa que tem de sobra na banda, há alguma explicação logica para isso ?

Nenhuma explicação lógica, apenas explicações “não lógicas”. Guardo esse como segredo, ok?

12 – Então, vocês não tem mesmo medo de cair ? (hahaha)

De cair, nenhum. De levantar… Se for levantar pra ver todo mundo ainda estagnado e sem valores internos, acho que teremos medo de levantar.
Mas isso já é uma outra história.

E é isso ai galera, mt obrigado por acessar e convido vocês à acessarem o myspace dessa banda maravilhosa :

Anúncios

Ações

Information

One response

11 01 2011
IngssoN'

incríveis, acho que é a única forma de resumí-los.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: